23/03/2010

Dicionários

A Enciclopédia da Linguagem da Universidade de Oxford lista diversas perguntas que se pode fazer antes de se adquirir um bom dicionário:

1. O papel é de boa qualidade?
2. A encadernação permite que se abra o livro inteiramente?
3. As definições são precisas e concisas?
4. Ele contém as palavras principais da língua?
5. Ele contém termos estrangeiros de uso corrente?
6. Ele contém informação enciclopédica/
7. Ele traz ilustrações de objetos e conceitos difíceis de se compreender?
8. Ele evita as definições circulares?
9. O dicionário fornece exemplos de uso de palavras?
10. Ele traz orientação sobre o uso de palavras?
11. Ele indica os contextos sociais e estilísticos a que pertencem as palavras?
12. Ele contém informação etimológica?
13. Ele contém transcrição fonética simples e variantes de pronúncia?
14. Ele traz informações sobre variantes ortográficas?
15. Ele contém expressões idiomáticas, provérbios, ditos populares?
16. Ele contém sinônimos e antônimos?
17. Ele remete a palavras relacionadas?
18. Ele traz informações gramaticais?
19. Ele traz apêndices úteis?
20. Ele contém abreviações?

Geralmente os verbetes dos dicionários bilíngües contêm os seguintes itens:

1. A entrada lexical
2. A categoria lexical
3. Frases de exemplificação de uso
4. Expressões Idiomáticas
5. Algumas informações gramaticais
6. A pronúncia
7. Sinônimos
8. Acepções diferentes separadas por algarismos

2 comentários:

Cláudio J. Gontijo disse...

Dulce.

Sou Professor, com formação em Ciências Biológicas e Química. Cheguei à sua página ao pesquisar sobre um pássaro. Visite o VERDE VIDA, com imagens e textos relacionados à causa ambiental/humanística.

Felicidades em sua jornada.

Cláudio J. Gontijo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.